fbpx

5 coisas que você precisa saber para clarear suas manchas

manchas-melasma

5 coisas que você precisa saber para clarear suas manchas

Um dos problemas mais comuns entre as mulheres são as manchas na pele, que podem aparecer nos mais variados lugares e por diversos fatores. A Rede Semblànt sabe o quanto isso pode incomodar e afetar na sua autoestima.

 

Se você sofre com manchas na pele do seu rosto ou das mãos, esse e-book com as 5 coisas que você precisa saber para  clarear as suas manchas orientado pela dermaticista Sylvia Nomura pode ser a solução para o seu problema.

 

  1. O que são manchas na pele?

As manchas na pele podem ser definidas como uma proteção do organismo. As células responsáveis por produzir a melanina são chamadas de melanócitos e funcionam como mecanismo de defesa. Quando nos bronzeamos, por exemplo, a nossa pele ganha uma pigmentação porque o nosso cérebro entende isso como uma ação de proteção para o nosso organismo.

 

  1. Quais são as causas das manchas na pele?

As causas das manchas na pele são variadas e cada uma delas exige um tratamento específico. Elas podem ser causadas por cicatrizes de acne, desequilíbrio hormonal, radiação solar e envelhecimento natural da pele – que se intensifica com a radiação solar.

 

O melasma é uma condição genética e que pode se intensificar em períodos de desequilíbrio hormonal. Normalmente quem tem essa predisposição são pessoas de fototipo mais alto, no entanto atualmente há uma grande miscigenação de raças no Brasil, então tanto pessoas com a pele clara quanto com pele escura podem apresentar este quadro. É caracterizado por manchas acastanhadas, compactas e que possuem uma extensão. Normalmente podem acometer uma área da testa ou na área do zigomático (conhecido como borboleta). As manchas de acne podem ocorrer por um processo de hiperpigmentação pós-inflamatória.

 

Já as manchas solares são mais redondinhas e espalhadas. São de efeito cumulativo, de forma que passamos anos expostos à radiação solar sem nos darmos conta do momento  em que elas começaram a surgir. Também são conhecidas como manchas senis, porque aliado aos raios solares, surgem conforme o avanço da idade.

 

As manchas senis aparecem por meio do processo cronológico do envelhecimento e podem acometer face e dorso das mãos. Aparecem em pessoas que passam muito tempo expostas ao Sol porque, além da exposição nociva aos raios solares, normalmente não temos o hábito de aplicar filtro solar nas mãos, de forma que quando aplicamos nos esquecemos de reforçar a aplicação de 3 em 3 horas e após lavarmos as mãos.

 

  1. Com que idade as manchas da pele começam a surgir?

Não é muito comum ver pessoas jovens com manchas solares, pois elas tendem a aparecer por volta dos 30 anos, por conta da radiação solar e do envelhecimento natural da pele. Pessoas que passam muito tempo dirigindo e que não utilizam proteção, por exemplo, possuem tendência a apresentar um quadro de manchas no dorso das mãos, mas elas podem aparecer em qualquer parte do corpo que seja exposta ao aos raios solares.

 

O melasma aparece em pessoas que apresentam predisposição genética na gravidez e no pós gestacional, que por sua vez é um período onde há uma produção exacerbada de hormônios.

 

No período da puberdade é natural que haja um desequilíbrio hormonal, fazendo com que o nosso organismo seja propício a desenvolver acne. No entanto, essas manchas surgem quando tentamos “cutucar” a acne na intenção de removê-la, causando uma inflamação na pele e deixando a marca.

 

  1. Quais são os tratamentos para clarear as manchas da pele?

Agora que você já conhece um pouco sobre as causas das manchas e como elas surgem, fica mais fácil saber qual caminho você deve seguir para clareá-las. Antes de mais nada, é necessário fazer uma avaliação minuciosa para escolher o melhor tratamento.

 

Quando se trata de manchas solares e manchas de acne, a solução é mais fácil por se tratar de lesões consideradas mais “superficiais” e demandam um procedimento mais tranquilo. Podem ser clareadas com um blend de ácidos (Seven Peel) que irão agir conforme a afecção do paciente – ácido salicílico para controlar a oleosidade, ácido retinóico e mandélico para clarear manchas – atuando como um peeling químico, de modo que ocorrerá uma renovação celular. O procedimento com Laser de CO2 Fracionado também pode ajudar a remover as marcas que adquirimos com o avançar do tempo (acne causada na puberdade, manchas solares e senis)… além disso, esse procedimento ainda pode remover rugas. No caso das manchas no dorso das mãos e nos braços, também pode ser feito um tratamento específico para essa região com um jato de plasma (Clear Hands – protocolo exclusivo Rede Semblànt).

 

O melasma atinge uma camada mais profunda da pele, de modo que é mais difícil de tratar. É uma condição que não tem cura, mas existem formas de clarear a mancha e estabilizá-la. Sendo assim, é necessário a avaliação criteriosa de um especialista, pois esse tipo de mancha exige um cuidado especial no momento de selecionar os ácidos a serem utilizados nesses casos.

 

Alguns tratamentos  (como o Skin Whitener – protocolo exclusivo da Rede Semblànt) são específicos para melasma, onde são prescritos cápsulas que inibem a síntese de melanina, tendo como função estabilizar a mancha para que ela não se espalhe e nem escureça ainda mais, seguido com um ácido com efeito clareador. É um tratamento mais extenso, com 4 meses de duração onde será necessário usar um home care, retornando a cada 15 dias para fazer a reaplicação do ácido.

 

  1. Como evitar o aparecimento de manchas na pele?

Quando o assunto é cuidados com a pele não existe segredo: o uso do filtro solar diariamente é indispensável para manter uma pele jovem e sem manchas, pois protege a nossa pele da radiação solar e da poluição. Além de evitar que novas manchas apareçam, o filtro impede que pessoas com predisposição à manchas desenvolvam o quadro e principalmente evita o câncer de pele.

 

Estar atento no horário de exposição ao sol, pois em determinados períodos do dia e do ano os raios solares costumam ser mais nocivos. O horário recomendado pelos dermatologistas é antes das 10h e depois das 16h, pois nesse período a radiação responsável por causar manchas é menor. Em dias de calor, é recomendável redobrar a atenção e se proteger usando chapéu e roupas com proteção solar.

 

Telas de computador, celular, televisão e lâmpadas artificiais também emitem raios que podem causar manchas na pele. Sendo assim, é necessário usar protetor solar o tempo todo, em dias frios e até mesmo dentro de casa!

 

Recorrer ao uso de base e pó facial com filtro solar também é uma ótima opção para quem quer proteger a pele sem abrir mão da maquiagem. São produtos que podem parecer mais caros, mas podem ajudar a evitar o aparecimento de manchas.

 

Essas dicas unidas à uma alimentação equilibrada e rica em antioxidantes possuem um efeito muito bom em relação às manchas – tanto que no tratamento contra o melasma nós costumamos utilizar  a aplicação de Vitamina C para fazer a manutenção da pele.  Os raios UV liberam os radicais livres, degradando o colágeno e a elastina, propiciando um envelhecimento precoce. Os antioxidantes, tanto na alimentação como no uso tópico em cosméticos auxiliam na liberação de radicais livres.

 

Resumindo…

Uma pele jovem e bem cuidada demanda cuidados diários e com essas orientações você pode evitar o desenvolvimento de manchas simples (e até mesmo casos mais sérios, como o câncer de pele) e amenizar o aspecto de manchas já existentes. O mais importante é fazer uso do filtro solar e garantir uma alimentação equilibrada é fundamental para que isso aconteça.

 

Cada mancha tem uma característica e um tratamento específico, então se você quer clarear as suas manchas, é necessário fazer uma avaliação clínica antes de começar o tratamento, para garantir que você vai evitar a piora do quadro e chegar no resultado esperado.

Agende uma avaliação aqui na Semblànt Estética agora mesmo!













Tags:
, ,
Sem comentários ainda.

Escrever um comentário